Eu tava de saída…

13307275_10201594884111769_32405072923023086_n

Eu tava de saída quando o Lucas chegou. Ele me abraçou. Foi um abraço de aniversário que ele não havia me dado ainda. Eu tava tão triste que quase choro no ombro dele. Foi rápido o abraço. Caso contrário, eu teria desabado. Eu necessitava caminhar, e sempre caminho quando tô triste. Antes acessei minha playlist do celular. Coloquei os fones de ouvido, no máximo, me protegi dos chuviscos com o capuz do meu casaco, e subi a Augusta. E passei em frente da boutique. E me lembrei de você. De você já saindo do provador com ele: o vestido. Saltitando. Feliz. E continuei subindo. Uma vez na Paulista, a chuva aumentou. E o peito apertou. Olhares curiosos não desviavam do meu dedo, o apontador, na minha cara (tava claro que eu tava triste). Em plena sexta-feira, um cara assim, nesse percurso, destoando dos demais. E passei pela feira. A que você mais gosta. O mesmo pedido quando tá comigo. Senti o cheiro. Te vi saltitando mais uma vez. Na chuva, te vi o tempo todo. Mesmo fazendo a volta e descendo a rua.

Sem música agora – meu alento. Com o celular descarregado, impossível amenizar as coisas. E no mercado, as mesmas perguntas de sempre pipocando em minha mente: a de poder pegar suas preferências. Saltitando em minha frente, as mesmas imagens. E tudo isso fazendo a diferença. A diferença que só você sabe fazer.

Tarcísio Buenas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s